9 motivos para você incluir a Eslovênia na lista de lugares para conhecer

BY: Andrea Romani Zerbini
26/11/2018
COMENTÁRIOS: 0

A Eslovênia não tem a fama da França, Inglaterra, Alemanha, Holanda e outros destinos tão procurados na Europa, mas é um país que facilmente desperta o encanto de viajantes. É fácil ser conquistado pelas paisagens naturais, a riqueza histórica das vias urbanas e toda a atmosfera de um lugar que parece ter saído de um conto fadas feliz.

Que tal conhecer esse pequeno país e ficar verdadeiramente apaixonado? Veja 9 motivos para você fazer as malas e passear por lagos, castelos e até realizar atividades esportivas em meio à natureza idílica da Eslovênia. Fique certo: uma pergunta será feita na sua cabeça: “por que eu não fiz essa viagem antes ?”

 

1. Andar pelas ruas organizadas e lindíssimas das principais cidades

Um dos pontos altos de viagens é a possibilidade de conhecer uma cultura diferente e todo o aspecto urbano das cidades, por intermédio de caminhadas despretensiosas por ruas pacatas, avenidas movimentadas, praças, parques, etc. A atividade pela Eslovênia será incrível, afinal o país conserva áreas muitas áreas verdes, mostras arquitetônicas clássicas e infraestrutura urbana irretocável.

Passear com calma pelas vias da capital Liubliana, por Kranj, Piran, Maribor ou qualquer outro recanto esloveno lhe trará ótimas recordações e fotos, mas aqui vai um conselho útil: priorize as recordações!

 

2. Ir ao castelo e ao lago Bled

Um lago de água verdinha, uma ilha cercada por exuberante floresta e um castelo no meio da estrutura rochosa. O lago e o castelo de Bled, uma cidadezinha que fica a apenas 56 quilômetros da capital Liubliana, estão em uma das áreas mais bonitas da Europa, que revela uma paisagem que definitivamente não se vê em qualquer lugar.

Várias agências locais oferecem o passeio ao monumento medieval irresistível erguido à 130 metros dobre o Lago Bled. Não pense duas vezes!

 

3. Praticar esportes radicais na encantadora Bovec

Bovec é um município esloveno propício à prática de esportes radicais em razão da saudosa contribuição da natureza. Cercada por montanhas de mais de 2000 metros, a cidade tem áreas para trilhas, rios selvagens ideais para prática de rafting e pontos para slackline, paragliding, canoagem e muito mais.

 

4. Encantar-se com as riquezas históricas da capital Liubliana

A capital da Eslovênia é dessas cidades que parecem uma pintura clássica viva. É tão especial caminhar pelo Tivoly City Park, quanto observar de perto os traçados da catedral, dos museus e contemplar todo o acervo arquitetônico e a vida cultural e artística de uma cidade com excelente qualidade de vida.

Se você não fala esloveno, fica tranquilo, pois grande parte da população é fluente ou ao menos segura em outros idiomas e, o principal, é SUPER receptiva e educada.

 

5. Conhecer o castelo de Predjama

Com muita justiça, o castelo de Predjama, em Postjona, é um dos pontos turísticos mais visitados da Eslovênia. Erguido em cima de um penhasco de 123 metros e incrustado em uma rocha, ele foi construído há mais de 500 anos e de acordo com lendas históricas é mal assombrado. Tem coragem?

 

6. Depois de conhecer o castelo, você pode andar pelas cavernas de Postjana: é pertinho

Mais de um milhão de visitantes por ano, essa é a mostra em números do sucesso das cavernas de Postjana, o maior atrativo turístico esloveno, que fica apenas a 10 quilômetros do castelo de Predjama. São 24km de cavernas e desses, 5 são contemplados em visitas guiadas.

O viajante poderá apreciar formações rochosas dos mais diferentes tipos, andar por corredores apertados e observar esculturas que parece terem sido moldadas a mão. Ah, no início do tour um trenzinho percorre 1 quilômetro de cavernas.

 

7. Tomar um banho na magnífica cachoeira Slap Kozjak

Nos arredores de Bovec – a capital dos esportes radicais e das maravilhas naturais, como foi mencionado no item 3 –, o turista poderá banhar-se na cachoeira Slap Kozjak, que fica dentro de uma caverna e recebe a iluminação do sol, o que confere um toque especial a coloração da água . Olha só essa foto e você mesmo responda: vale a pena percorrer uma trilha e mergulhar nessas águas?

 

8. Fazer trilha em Vintgar Gorge

Vintgar Gorge fica a apenas quatro quilômetros do Lago Bled e é um deslumbrante desfiladeiro que passa pelo rio Radovna. A trilha é de intensidade leve e bem segura, há passarelas de madeira que facilitam a caminhada, o que privilegia a apreciação das corredeiras de águas clarinhas e todo o verde ao redor.

 

9. É claro que você precisa provar as delícias gastronômicas da Eslovênia

É uma tremenda bola fora visitar um país diferente e deixar de conhecer pelo menos um pouco da culinária local, concorda? Portanto, é imprescindível marcar um horário na programação para provar algumas das delícias de uma gastronomia fortemente influenciada por outros países.

É viável encontrar receitas com peixes, cereais, frutos do mar, carnes, mas sem dúvida os doces são os grandes queridinhos do paladar: não deixe saborear o Potica, uma guloseima tradicional com nozes, rum, creme de leite e clara de ovo.

Verde, romântica, organizada, moderna em seu medievalismo arquitetônico. Ah, é difícil encontrar palavras para descrever a Eslovênia, mas vão sobrar boas lembranças e é lógico que você vai querer repetir o passeio.

 

Via Viajali.com

 

 

30
Categoria: Destinos

Andrea Romani Zerbini

Há mais de 16 anos no mercado de turismo, essa é minha paixão desde os meus 19 anos. Sou Turismóloga: já trabalhei em companhia aérea, agências de viagem particulares e especializadas em atendimento corporativo. Aos 24 venci a insegurança e montei meu próprio negócio. O que mais me cativa é o relacionamento com diferentes públicos todos os dias: fazer parte do planejamento e assessoramento de suas viagens é o que me realiza.

Comentários

Comentar Publicação

Andrea Romani Zerbini

Há mais de 16 anos no mercado de turismo, essa é minha paixão desde os meus 19 anos. Sou Turismóloga: já trabalhei em companhia aérea, agências de viagem particulares e especializadas em atendimento corporativo. Aos 24 venci a insegurança e montei meu próprio negócio. O que mais me cativa é o relacionamento com diferentes públicos todos os dias: fazer parte do planejamento e assessoramento de suas viagens é o que me realiza.

Instagram

Mais Visitados

Área Restrita

Portofino Turismo © 2018 - Todos os direitos reservados | MaPa.


Razão Social: H.R. Turismo e Passagens Ltda.     CNPJ: 06.256.161/0001-27